sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Aos que amam os cães tanto quanto eles nos amam



Não sei quem é o autor dessa mensagem, mas com ela faço uma singela homenagem a Ava (foto), nossa querida cadelinha dachhound que faleceu esta semana, após quase 17 anos muito bem vividos.

Nossas eternas saudades...

"SE CONSEGUES

Se consegues começar o teu dia sem cafeína,

Se consegues terminá-lo sem sedativos para dormir,

Se consegues estar de bom humor, sabendo ignorar os teus males e as tuas dores,

Se consegues nunca te queixar, nem aborrecer os outros com os teus problemas,

Se consegues compreender quando os que te amam estão ocupados demais para te dispensar o seu tempo,

Se consegues aceitar que te censurem por uma falta que não cometeste,

Se consegues acreditar que cuidarão de ti até o fim de tua vida,

Se consegues aceitar todas as críticas sem nunca te insurgires,

Se consegues suportar a grosseria de certas pessoas sem nunca as corrigir,

Se consegues enfrentar a vida sem nunca mentir ou falsear,

Se consegues descontrair sem nunca tomar uma gota de álcool,

Se consegues dizer, muito honestamente, do fundo do teu coração, que não tens qualquer preconceito contra os idosos, as diferentes raças, religiões ou opções sexuais,

Se consegues comer a mesma comida todos os dias e continuar feliz,

Se consegues amar sem condições, sem esperar nada em troca...

Então, meu amigo, ÉS QUASE TÃO PERFEITO QUANTO O TEU CÃO!"

Quanto ainda temos o que aprender com esses animaizinhos...

Nenhum comentário: